Links de Acesso

Unita critica "hipocrisia" do Governo no Namibe

  • Armando Chicoca

Ricardo Ekupa de Noé "Tuyula"

Ricardo Ekupa de Noé "Tuyula"

Unita considera de absurdo o esbanjamento de somas avultadas em dinheiro para a República Centro Africana, Guiné Bissau e outros, quando os angolanos estão entregues à sua sorte.

O Secretário da UNITA diz haver hipocrisia e má fé na solução dos problemas sociais da população local.

A visão do dirigente do partido do galo negro no Namibe tem a ver com as constatações feitas nos últimos dias durante a jornada de campo a municípios, comunas e outras localidades da região sul e nortenha da província do Namibe.

Consumo de água inapropriada pelas comunidades autóctones retirada em represas naturais onde homens e mulheres tomam banho, e onde animais bebem e defecam, são de entre as cenas horríveis descritas como preocupantes porque passam as comunidades no interior da Província do Namibe.

Ricardo Ekupa de Noé Tuyula manifesta-se agastado e diz tratar-se da ausência do sentido de Estado na solução dos problemas sociais dos autóctones. O político da Unita considera de absurdo o esbanjamento de somas avultadas em dinheiro para a República Centro Africana, Guiné Bissau e outros, quando os angolanos estão entregues à sua sorte.

A hipocrisia, a injustiça social e o egoísmo, segundo o político da UNITA no Namibe são os pilares que enobrecem a mediocridade da governação angolana, aplaudida por alguns círculos políticos do mundo fora, desconhecedores da realidade angolana, que fingem-se surdos ao grito e clamor dos autóctones angolanos, assolados pela fome, miséria e desgovernação de um país que se preza rico, com economia acima da média.

Ricardo Tuyula acredita que a Unita no Namibe está a recuperar o seu espaço político com indicadores que podem surpreender o seu adversário político nas próximas eleições, depois de um longo período de intimidações contra militantes do seu partido.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG