Links de Acesso

UNITA alega campanha de intimidação em Benguela

  • Redacção VOA

Secretário provincial do Galo Negro diz have prisões e mesmo assassinatos na Ganga

As autoridades nas comuna da Chicuma, município da Ganga na província de Benguela estão envolvidas numa campanha de intimidação, prisões e mesmo assassinatos contra a UNITA.

Quem o alega é Júlio Madureira secretário provincial da UNITA em Benguela.
Segundo este dirigente local da UNITA em Outubro dois militantes da UNITA, Paulino Amuyela e o seu irmão Daniel Kissingue foram presos por alegado envolvimento num assassinato.

O secretário provincial da UNITA disse que o seu partido não se opôs a essas prisões mas pediu que fossem julgados como qualquer cidadão acusado de cometer um crime.

Mas, segundo Madureira, não foi isso que aconteceu. O dirigente local da UNITA disse que isso foi aproveitado para se intensificar uma campanha de intimidação contra a UNITA que envolveu a prisão de outros membros do partido e mesmo assassinatos.

O secretário Provincial da UNITA em Beneguela apelou ao bom senso das autoridades daquela comuna, afirmando que “não é assim que se resolvem os problemas de Angola”.

“Somos todos irmãos,” acrescentou antes de lançar um apelo ás autoridades centrais de Angola para intervirem

Ouça aqui as declarações de Júlio Madureira
XS
SM
MD
LG