Links de Acesso

UNITA acusa João Lourenço e MPLA de violarem a Constituição

  • Manuel José

Adlaberto da Costa Júnior apresentou queixa no Parlamento

Adlaberto da Costa Júnior apresentou queixa no Parlamento

Líder da bancada parlamentar diz que partido não está atrasado para as eleições

A UNITA vai anunciar os seus candidatos à Assembleia Nacional após o Presidente da República convocar oficialmente as eleições gerais que, em principio, devem acontecer no mês de Agosto.

A liderança do principal partido da oposição angolana diz que, ao contrário do que se tem afirmado, a UNITA não está atrasada na corrida e acusa o MPLA e o seu cabeça-de-lista de violarem a Constituição.

''Cada partido define os seus timings e a UNITA não está atrasada, antes pelo contrário, estamos à espera que o Presidente da República faça como prometeu, antecipar desta vez a convocação das eleições, assim que o fizer, cumprindo a Constituição, nós vamos ter eleições em finais de Agosto, estamos absolutamente dentro dos timings'', garantiu o líder parlamentar do partido.

Adalberto da Costa Júnior acusa João Lourenço e o MPLA de “agarrar-se às televisões, em meios do Estado, suspender as aulas em período normal de trabalho, governadores provinciais decretarem tolerância do ponto, agarrarem nas aldeias em camiões, sem o mínimo de segurança e levarem pessoas para os comícios, agarrarem em pessoas em listas controladas para os comícios e a pagar a pessoas da função pública com funções de chefia um vencimento anual como apoio obrigatório à candidatura”.

Costa Júnior revela que o seu grupo parlamentar da UNITA já apresentou uma nota de protesto ao presidente da Assembleia Nacional contra a violação de mais de 20 artigos da Constituição por parte de João Lourenço porque “a UNITA acredita que poderão influenciar a lisura e a transparência das eleições”.

Enquanto aguarda pela revelação dos seus candidatos, a UNITA realiza a 11 de Março no espaço adjacente ao Estádio 11 de Novembro um mega-comício para celebração os 51 anos da criação do partido.

“Convido os habitantes de Luanda e dos mais variados ponto da província a estarem no comício do dia 11, convido zungueiras, funcionários públicos que ganham mal, jovens que procuram emprego, e não conseguem para uma marcha pra vitória do povo sofredor rumo as eleições de Agosto'', anuncia o presidente da UNITA, Isaías Samakuva.

A sua Opinião

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG