Links de Acesso

UNITA questiona deserções para a CASA

  • Teodoro Albano

O XI Congresso da UNITA (Foto de Arquivo)

O XI Congresso da UNITA (Foto de Arquivo)

A saída de Chivukuvuku dos não foi novidade e por isso não afecta o partido

As deserções de elementos afectos a UNITA para o projecto CASA de Abel Chivukuvuku, não passam de empolamento da imprensa sobretudo a pública disse no Lubango, o secretário nacional para a reinserção social do "Galo Negro", Isaías Chitombi.

Chitombi admite que possam estar a ocorrer algumas adesões de militantes da UNITA à CASA, mas não nos números que alguma imprensa tenta passar e voltou a afirmar que a saída de Chivukuvuku dos "maninhos" não foi novidade e por isso não afecta o partido.

O responsável da UNITA disse que se o objectivo de Chivukuvuku for de enfrentar o MPLA no poder será bem-vindo, mas se for de ostracizar a oposição terá uma resposta:“Se o Chivukuvuku, ao fundar a CASA é para reforçar o papel da oposição na luta contra o partido que está no poder que está a governar mal, poderá ser considerado mais um companheiro na conjugação de esforços para haver alternância do poder. Agora, se ele criou a CASA para poder atacar a oposição ali é que poderá obter a resposta que merece”.

Isaías Chitombi disse, por outro lado, que a UNITA vai esperar pelo pronunciamento do Tribunal Supremo sobre a sua contestação em relação a nomeação da presidente da CNE para decidir sobre a sua participação nos actos eleitorais.

De acordo com o secretário nacional para a reinserção social da UNITA, o partido não vai abrir mão do cumprimento da lei,quando está mais que provado que a nomeação de Susana Inglês está ferida de ilegalidade.

Isaías Chitombi questionou também o silêncio dos académicos e professores universitários, relativamente a violação da lei em causa. Disse Chitombi: “O que me admira é que neste país, que é um país de ordens superiores, não é um país de leis, os advogados que são professores universitários que dão direito constitucional estão calados por causa da barriga, mas a UNITA não se vai vergar por isso”.

O secretário nacional da reinserção social da UNITA,com o deputado Demóstenes Chilingutila liderou uma delegação do comité permanente da comissão política do seu partido, que trabalhou na Província da Huíla.

XS
SM
MD
LG