Links de Acesso

UNITA ameaça sair à rua contra "irregularidades" eleitorais

  • Faustino Diogo

Isaías Samakuva no comício da UNITA em Cangandala

Isaías Samakuva no comício da UNITA em Cangandala

"A mobilização do povo vai acontecer de forma pacífica em todo o país, caso o MPLA não respeite as leis criadas por si"

A UNITA ameaça sair à rua para se manifestar contra aquilo que chama de irregularidades no processo eleitoral em curso no país.

Segundo Isaías Samakuva, presidente da UNITA, a mobilização do povo vai acontecer de forma pacífica em todo o país, caso o MPLA não respeite as leis criadas por si.

Afirma Samakuva: “Iremos prosseguir com o uso do diálogo para colocar o processo sobre carris quer a nível do parlamento, executivo e Tribunal Supremo”.

“Esse diálogo – disse ainda o presidente da UNITA - tem limites e prazos. Tudo tem que estar transparente e conforme a lei, antes da convocação das eleições”.

Aquele dirigente adianta que, “a partir do mês de Abril, se se verificar que o diálogo institucional não é suficiente para induzir o MPLA a respeitar as leis que ele mesmo aprovou”, a UNITA irá começar, a nível nacional, “uma série de manifestações passivas”

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG