Links de Acesso

Huíla:UNITA denuncia irregularidades no registo eleitoral

  • Teodoro Albano

Amélia Judite, secretária provincial da UNITA na Huíla

Amélia Judite, secretária provincial da UNITA na Huíla

O partido está apostado em inverter os resultados obtidos nas eleições de 2008

A UNITA, na Huíla, já tem plano para as eleições de 2012.O programa consistirá na campanha de mobilização eleitoral, sensibilização dos cidadãos em idade eleitoral e na adequação das estruturas do partido ao ambiente de eleições. As metas estão traçadas: conseguir assentos no Parlamento, em 2012.

Para a secretária provincial da UNITA, Amélia Judite, o partido está apostado em inverter os resultados obtidos nas eleições de 2008, buscando no círculo local alguns lugares para a Assembleia Nacional: “Nós estamos a trabalhar o círculo provincial que arrecada cinco deputados e a UNITA deverá ter alguns destes deputados”.

Amélia Judite denunciou, na ocasião, supostas irregularidades no processo de actualização do registo eleitoral nalgumas localidades da província.

O foco para a UNITA é o Município da Jamba, na região Leste da província, onde adolescentes estariam sob ameaça a serem forçados por autoridades tradicionais a fazerem o registo eleitoral;
Diz Judite:“Constatadas as mesmas crianças dizem que há uma obrigatoriedade ameaçando-as de que quem não aparecer para o registo eleitoral ia ser castigado e este país como está debaixo de uma ditadura está debaixo de uma opressão as crianças, normalmente aparecem nas filas mas e os nossos fiscais têm impedido que elas se registem”.

XS
SM
MD
LG