Links de Acesso

União Europeia concede apoio de 734 milhões de euros a Moçambique

  • Redacção VOA

Ajuda visa financiar a promoção do sistema democrático, da transparência e do primado da lei.

O comissário da União Europeia a Cooperação e Desenvolvimento Internacional, Neven Mimica, concluiu nesta quinta-feira um acordo com o vice-ministro moçambicano dos Negócios Estrangeiros Nyeleti Mondlane, que providenciará um apoio de 734 milhões de euros a Moçambique.

O montante em apoio ao Programa Indicativo Nacional de Moçambique servirá para financiar a promoção do sistema democrático, da transparência e do primado da lei, bem como para apoiar as instituições públicas em consonância com as prioridades do Governo moçambicano.

Segundo Neven Mimica, “registaram-se desenvolvimentos políticos e económicos significativos em Moçambique nas décadas que se seguiram ao fim da guerra civil, em 1992, e é importante capitalizar esse progresso fazendo o melhor uso possível do impressionante potencial económico do país nos sectores do gás, mineiro, hídrico e agrícola”.

Mimica disse ainda que a questão principal agora é fazer com que “o crescimento económico seja sustentável e inclusivo, enquanto se mantém a estabilidade politica”.

A ajuda da União Europeia também vai apostar no combate à pobreza nas zonas rurais, através de iniciativas que aumentem a segurança alimentar e nutricional e a competitividade entre os produtores.

Neste último aspecto, a ideia é intensificar a electrificação rural e melhoras as estradas, por exemplo, a fim criar condições para o crescimento sustentável das pequenas e médias empresas nas zonas rurais.

XS
SM
MD
LG