Links de Acesso

União Africana suspende Guiné-Bissau


Sala plenária da sede da União Africana, em Adis Abeba

Sala plenária da sede da União Africana, em Adis Abeba

Bissau poderá voltar à AU após restauração da ordem constitucional

A União Africana suspendeu a Guiné-Bissau devido ao golpe militar da semana passada.

O anúncio foi feito num comunicado após a reunião do Conselho da Paz e Segurança da organização, que decorreu terça-feira em Adis Abeba.

O comunicado diz que os golpistas violaram a constituição e exortou os políticos do país a não participarem em acções para "disfarçar" o golpe.

O Conselho, lê-se no documento "decidiu suspender a Guiné-Bissau, com efeitos imediatos de todas as actividades "da União Africana "até à restauração de ordem constitucional". Antes a União tionha declarado o golpe de estado de quinta-feira passada como "inaceitável".

Mais pormenores na emissão da Voz da América, às 16:30 TMG ou mais tarde em www.voaportugues.com

XS
SM
MD
LG