Links de Acesso

UNESCO revela que 34 milhões de crianças não vão à escola em países com conflitos


Imagem de arquivo

Imagem de arquivo

Trinta e quatro milhões de crianças e adolescentes não frequentam a escola em países afectados por conflitos, revelou hoje a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), que adiantou serem necessários 2,3 mil milhões de dólares para cobrir essa lacuna.

O relatório de acompanhamento da iniciativa Educação para Todos (EPT) de Abril passado, indicou que apenas um terço dos 164 países que há 15 anos lançaram a iniciativa atingiram os objectivos fixados e identificava os conflitos como um dos maiores obstáculos ao progresso.“As crianças em países afectados por conflitos têm mais do dobro das probabilidades (…) de estarem fora da escola que as dos países não afectados”, enquanto para os adolescentes a probabilidade é dois terços maior, segundo um comunicado da Unesco.

A organização das Nações Unidas refere que uma das “principais razões” para o problema “é a falta de financiamento”. O montante pedido agora é 10 vezes maior do que o disponibilizado para a educação actualmente.

XS
SM
MD
LG