Links de Acesso

Unesco condena destruição do Arco do Triunfo em Palmira


Cidade de Palmira, Síria.

Cidade de Palmira, Síria.

A directora geral da Unesco, Irina Bokova, condenou, ontem, 05, a destruição do Arco do Triunfo da cidade síria de Palmira, património mundial da humanidade, pelo grupo jihadista Estado Islâmico.

"Esta nova destruição mostra até que ponto os extremistas estão assustados com a História e a cultura (…) apesar de sua ira criminosa, os extremistas jamais conseguirão apagar a História, nem calar a memória deste lugar, que encarna a unidade e a identidade do povo sírio" escreveu Bokova.

O Estado Islâmico destruiu no domingo o Arco do Triunfo que datava do imperador Septímio Severo (193-211 d.C.) e se situava na entrada da famosa rua de colunas do recinto histórico.

O grupo jihadista já destruiu algumas das jóias arqueológicas de Palmira, como as suas famosas torres funerárias, os templos de Bel e Baalshamin e a estátua do Leão de Athena.

O grupo considera como objectos de idolatria as obras religiosas pré-islâmicas, principalmente as estátuas.

XS
SM
MD
LG