Links de Acesso

Uíge: UNITA ameaça levar sobas a tribunal


Cidade do Uíge

Cidade do Uíge

A medida anunciada visa desencorajar os sobas que têm promovido acções de intimidação

Contra a intolerância dos sobas

A UNITA no Uíge promete levantar processos judiciais, desta vez das autoridades tradicionais que provoquem quaisquer acções de intolerância contra os seus militantes. O anúncio foi feito pelo secretário provincial do Galo Negro, naquela província, Andre Pindi, que usava da palavra no Município de Negage, a 30 quilómetros da sede capital.

A medida anunciada por aquele político visa desencorajar os sobas que - aparentemente instruídos por elementos do MPLA - têm promovido acções de intimidação nas localidades que dirigem, com o propósito de inviablizarem as demais forças políticas que pretendam divulgar os seus programas de governação, principalmente nesta fase da campanha eleitoral que se avizinha.

A par disso, há infomações que consideram como insulto quem pretender demitir a direcção de Isaías Samakuva da liderança. Tudo isso e muito mais associam-se nos apertos para próximas eleições, actos que Andre Pindi reprova.

A fiscalização do processo de actualização do registo eleitoral constitui também preocupação bastante para UNITA, quando os partidos da oposição se debatem com falta de verbas para o efeito, o que começa constituir já como um factor de insegurança para a realização eleições transparentes que se pretendem.

Para o secretário provincial da JURA - Juventude Unida Revolucionária de Angola, afecta à UNITA - Felix, a exclusão social tende a crescer nos últimos tempos. Aos jovens à procura de emprego é obrigatoriamente exigida a exibição o cartão do MPLA, partido no poder.

XS
SM
MD
LG