Links de Acesso

Uíge: Serviços de saúde em estado precário em Milunga


Não sabe bem mas salva. Vacina contra a polio

Não sabe bem mas salva. Vacina contra a polio

Fonte hospitalar diz existerem casos de poliomielite.

A situação dos serviços de saúde no município de Milunga, em Malanje, continua precária e uma enfermeira disse à VOA que se registam casos de pólio na zona.

“No município de Milunga, as doenças mais frequentes são o paludismo, a malária, diarreias de sangue, poliomielite e febre tifóide, entre outras”, mencionou a fonte que pediu anonimato.

Ela acrescentou ainda que existe um défice por parte dos técnicos de saúde e não há medicamentos suficientes para atender a demanda da populaçã,o principalmente nas comunas de Massau e Macolo.

“Os técnicos são incapazes”, acrescentou a fonte.

A directora provincial da saúde no Uíge Luísa Cambuta admitiu a existência de técnicos não capacitados a nível da província.

“Através da assinatura do protocolo de Lusaka foram introduzidos no sistema de saúde alguns profissionais, digamos assim não como tal, mas sim algumas pessoas que tinham pratica de saúde, mas sem as qualidades requeridas”, reconheceu Cambuta.

No entanto, a directora acrescentou que "neste momento, o Governo traçou um plano de formação para esses quadros e já estão ser formados na Escola de Formação de Técnicos de Saúde”.

Lusa Cambuta revelou ainda que uma das dificuldades que o sector da saúde no Uíge enfrenta é falta de técnicos especializados nos mais variados sectores.

A antiga vila da Santa Cruz, actual município de Milunga, dista cerca de 250 quilómetros da cidade capital da província do Uíge.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG