Links de Acesso

Falta de dados estatísticos tem dificultado operações de desminagem naquela província angolana.

Na província angolana do Uíge equipas de desminagem limparam uma zona de 3 hectares junto ao aeroporto do Negage destruindo 600 engenhos explosivos.


Informando a rádio local, o tenente-coronel Santos Mateus
Isaque, chefe da 13ª brigada de desminagem, disse que a falta de dados
estatísticos sobre a situação das zonas minadas na província, tem
dificultado o desdobramento dos sapadores: “ a província não possui nenhuns dados estatísticossobre as zonas minadas, que só são descobertas através de denúncias de indivíduos”, disse ele.

O vice-governador para o sector técnico e infra-estrutural, da
província do Uíge, Afonso Luviluco, que assistiu o acto de destruição
dos engenhos, referiu que o campo agora liberto de minas vai servir para
a construção de infra-estruturas: “Esta área de cerca de três hectares que a nossa brigada de desminagem acabou de entregar, vai servir para a edificação do Comando de
bombeiros e a torre de controlo do aeroporto local, permitindo assim
que as aeronaves que chegam aqui, aterrem com maior segurança, e dará
também início à reabilitação geral do aeroporto”, referiu.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG