Links de Acesso

Casa-CE denuncia vacinação clandestina contra febre amarela


Na província angolano do Uíge, a Casa-CE disse haver suspeitas de que a vacina contra a febre amarela poderá estar a ser partilhada de forma clandestina.

Em entrevista à VOA, o secretário provincial da coligação acusou as autoridades sanitárias de ocultarem a existência da vacina contra a febre amarela

José Rodrigues Banhão disse “não haver informação” sobre se há ou não vacinas na província, mas “se existe penso que estão se injectar entre eles”.

Ele disse haver informação de que algumas vacinações têm ocorrido numa escola.

O dirigente local da Casa-CE alertou que a febre amarela pode vir a pioriar os “sérios problemas” do sector da saúde na província, porque "o Estado não tem condições para dar resposta aos aos problemas que afectam a saúde pública”.

XS
SM
MD
LG