Links de Acesso

Uíge: Estado restitui viaturas requisitadas durante a guerra civil


Lago Ambuíla, Uíge

Lago Ambuíla, Uíge

Passadas quase duas décadas, o governo começou a repor estes meios aos proprietários visados

Durante a guerra civil em Angola, muitos cidadãos perderam as suas viaturas que foram requisitadas para o serviço do Estado. Passadas quase duas décadas, o governo começou a repor estes meios aos proprietários visados por aquela requisição civil.

Para o efeito, no Uíge, foram postas à disposição dos visados cerca de 101 veículos desde camiões e carrinhas.

Para proceder a entrega das viaturas deslocou-se à província do Uíge o ministro dos Transportes Augusto Silva Tomás. Este governante, na sua alocução, disse ter sido sempre preocupação da liderança no cumprimento deste compromisso e lançou o desafio aos beneficiários para que usare os meios agora restituídos para bons fins.

Por seu lado, o governador em exercício da província do Uíge, Correia Victor, disse de esperar que aqueles meios sejam usados para o fomento agrícola e para a exportação e importação de diversos produtos para contribuir para o desenvolvimento da província.

Já os beneficiários, satisfeitos apesar de que o recebido não compensar na totalidade aos prejuízos sofridos, recordam o o velho ditado que diz “mais vale um pássaro na mão do que dois a voar.”

Foram essas as palavras de Garcia Mendes, um dos compensados pela perda das viaturas ao serviço do Estado durante o conflito armado.

O ministro Augusto Silva Tomás, durante a sua estada no Uíge, visitou as obras de reabilitação do aeródromo da capital, cujas as obras têm conhecido alguma morosidade, tendo ate já ulpassado o prazo previsto da sua conclusão.

XS
SM
MD
LG