Links de Acesso

Governador do Uíge ameaça demitir direcção do hospital


Cidade do Uíge

Cidade do Uíge

O governador saiu indignado com as condições a que os pacientes são submetidos

A população do Uíge esta insatisfeita com a falta de sanitários públicos e água no Hospital Provincial do Uíge, a situação dura há um tempo a esta parte e tem obrigado os acompanhantes dos pacientes a utilizar bacios e bidões de água para manter a higiene no local.

Olavo Castigo, um dos utentes interpelados pela nossa reportagem, descreve o estado actual em que funciona a maior unidade sanitária da província.

Dado o clamor que soa em volta da situação, o governador da província, Paulo Pombolo, deslocou-se aquela unidade hospital para constatar de perto as reclamações do público.

Pelo que apurou, o governador saiu indignado com as condições a que os pacientes são submetidos, pelo que recomendou aos dirigentes do referido hospital a reorganizarem os serviços de saúde prestados à população, caso contrário ameaçou a substituição, dentro de 90 dias, da direcção actual que gere o hospital.

Durante a sua visita, o governador Palombo inaugurou a lavandaria para lavagem de lençóis e um alpendre para acomodação dos acompanhantes que, de um tempo a esta parte, não têm tido outra opção, senão passar as noites ao relento.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG