Links de Acesso

Uganda: Observatório dos Direitos Humanos pede protecção de manifestantes


Manifestação, Uganda (foto de arquivo)

Manifestação, Uganda (foto de arquivo)

O Observatório dos Direitos Humanos apela ao Uganda para publicamente declarar que as forças de segurança são obrigadas a respeitar a liberdade de reunião e manifestação pacífica, no período que antecede as eleições presidenciais de 18 de Fevereiro.

A organização baseada nos Estados Unidos diz que no Uganda são frequentes ameaças a organizadores de manifestações contra a continuidade de Yoweri Museveni no poder.

Um comunicado desta organização indica que Kasule Lumumba, destacado membro do partido no poder, foi gravado afirmando na língua Luganda que se as pessoas protestarem os resultados das eleições o Estado “vai matar os vossos filhos”.

Grupos dos direitos humanos têm registo de crianças mortas pelas forças de segurança em manifestações naquele país, incluindo uma de dois anos, em 2011; e outra de 13 anos, em 2009.

O presidente Yoweri Museveni está poder há 30 anos e concorre para outro mandato de cinco anos.

XS
SM
MD
LG