Links de Acesso

Turquia: Grupo aliado do PKK assume a responsabilidade pelo atentado junto ao estádio do Besiktas


Funeral de parte das vítimas.

Atentado fez 38 vítimas mortais, 30 delas polícias.

Uma ramificação do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) reivindicou neste domingo a responsabilidade pelo ataque a bomba nas imediações de um estádio de futebol em Istambul, que matou 38 pessoas e feriu 155.

Numa declaração feita na sua página da internet, o grupo Falcões da Liberdade do Curdistão (TAK) disse que realizou os ataques.

O TAK assumiu a responsabilidade por outros ataques mortais na Turquia este ano.

As explosões de um carro-bomba e um suicida, que mataram as 38 pessoas, ocorreram na noite de sábado, junto ao estádio da equipa turca de futebol Besiktas de Istambul.

O ministro do Interior, Suleyman Soylu, disse que entre os mortos figuram 30 polícias.

Antes, as autoridades turcas haviam acusado os militantes do PKK pelo ataque e prometeram vingança.

O Partido dos Trabalhadores do Curdistão reivindica, há três décadas, a autonomia de uma parte do Sudeste da Turquia.

XS
SM
MD
LG