Links de Acesso

Trump justifica ataque à Síria a apela ao apoio de "países civilizados"

  • Redacção VOA

Donald Trump fala à nação

Presidente americano diz ser vital prevenir e deter uso de armas químicas

O Presidente dos Estados Unidos defendeu o ataque com 59 mísseis contra infra-estutruras na Síria lançado nesta quinta-feira, 6, por ser "de vital interesse da segurança nacional dos Estados Unidos prevenir e deter o uso de armas químicas mortais".

"Esta noite eu dei ordem para um ataque militar na base militar na Síria de onde o ataque químico foi lançado", disse Donald Trump em mensagem à Nação horas depois da acção.

O Presidente americano fez ainda um apelo a outros países após o ataque.

"Esta noite eu chamo todas as nações civilizadas para procurar um fim à matança e ao banho de sangue na Síria", afirmou Trump, reiterando que o país não pode usar armas químicas "violando as suas obrigações em relação à convenção de armas químicas e ignorando o Conselho de Segurança da ONU".

O Presidente lembrou que Bashar Al-Assad atacou com gás neurotóxico "homens, mulheres e crianças indefesos".

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG