Links de Acesso

Tribunal Supremo dos EUA recusa apelação de antigo cidadão detido em Cuba


Alan Gross no Capitólio, Washington, Jan. 20, 2015.

Alan Gross no Capitólio, Washington, Jan. 20, 2015.

O Tribunal Supremo dos Estados Unidos rejeitou uma apelação apresentada pelo americano Alan Gross, que passou cinco anos preso em Cuba e agora quer processar o Governo americano por negligência.

O Tribunal Supremo ratificou assim a sentença de um tribunal federal em Washington, que já tinha recusado a acção de Gross de 60 milhões de dólares. Neste processo, Gross alega que o Governo federal não o preparou de forma adequada para enfrentar os riscos de trabalhar em Cuba.

Alan Gross foi detido em 2009, em Cuba, quando trabalhava como técnico em informática contratado pela USAID (Agência Americana de Ajuda ao Desenvolvimento). Agora diz que vai processar o Governo federal.

XS
SM
MD
LG