Links de Acesso

Tribunal alemão condena “Contabilista de Auschwitz”


Oskar Groening

Oskar Groening

Oskar Groening, alemão de 94 anos de idade, foi hoje condenado, na Alemanha, a 4 anos de prisão, por cumplicidade no assassinato de 300 mil pessoas, no campo de concentração de Auschwitz, entre Maio e Julho de 1944.

Groening trabalhou como contabilista no campo polaco ocupado pelos nazis e não matou ninguém. É condenado por no exercício das suas funções ter ajudado nos assassinatos.

Groening admitiu a culpa moral pela participação no holocausto.

XS
SM
MD
LG