Links de Acesso

Tribunal absolve militantes da UNITA no Cuando Cubango

  • Armando Chicoca

O juiz e o procurador de causa foram competentes e não se deixaram levar pela manipulação, diz chefe da UNITA naquela província.

O tribunal provincial do Cuando Cubango absolveu seis dirigentes da UNITA, em Menongue, que haviam sido detidos no passado dia 3.

Os seis haviam sido acusados de espancar Costa Chimuku, que alegadamente havia roubado uma bandeira da UNITA.

A UNITA negou as acusações.

O Secretário Provincial do Cuando Cubango, do partido do Galo Negro, Adriano Sapinala, que confirmou a absolvição dos mesmos, disse que não houve provas do crime pelo qual foram indiciados.

Para Sapinala, o juiz e o procurador de causa foram competentes e não se deixaram levar pela manipulação.

O dirigente provincial da UNITA disse que o seu partido vai iniciar uma acção em tribunal contra o comandante municipal da policia de Menongue alegadamente por ter agredido os seus militantes aquando da sua detenção.

Sapinala disse ainda que tenciona levar também a tribunal o militante do MPLA Costa Chimuku por tentativa de roubo de património da UNITA

A sua Opinião

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG