Links de Acesso

Caso Emídio Macie: Tribunal Supremo de Pretória absolve acusado

  • Simião Pongoane

Emidio Macie

Emidio Macie

O Tribunal Supremo de Pretória absolveu, hoje, 4, um dos nove acusados de ter torturado o taxista moçambicano Emídio Macie, por falta de provas do seu envolvimento no acto que culminou com a morte do jovem taxista, em Fevereiro de 2013.

Matome Walter Ramatiou foi considerado livre quase no final da manhâ de hoje pelo Tribunal Supremo de Pretoria.

Ele fora implicado pelo comandante das celas da esquadra da Polícia de Daveyton, Mphumzi Ngamlana.

Os advogados da família do malogrado e dos acusados concordam que o juiz agiu correctamente ao absolver Walter Ramatlou.

A defesa dos acusados evita fazer extrapolação para os restantes oito arguidos.

A família de Emídio Macie quer 6 milhões e 500 mil randes, cerca de 540 mil dólares.

O advogado José Nascimento foi chamado para um encontro no Ministério da Policia para discutir o assunto da indemnização, o que ele considera um bom sinal.

A equipa da defesa dos arguidos continua a trabalhar a todo o vapor para mostrar que os seus clientes são inocentes, mas reconhecem que o vídeo mostrando o jovem taxista a ser arrastado de uma carrinha da Policia é verdadeiro.

Ainda na África do Sul, o Tribunal Supremo de Polokwane, na província sul-africana do Limpopo, decidiu arquivar o processo contra o polemico jovem da oposição, Julius Malema.

O tribunal revelou desgate na sequência de constantes adiamentos do ministério público.

XS
SM
MD
LG