Links de Acesso

Trabalhadores voltam a ficar retidos em mina sul-africana

  • Simião Pongoane

Três continuam no interior, mas desconhece-se se há moçambicanos.

Três mineiros estão ainda desaparecidos dos cerca de 80 que estavam bloqueados no interior da Mina de Ouro Lily, em Barberton, província sul-africana de Mpumalanga.

Desconhece-se se havia moçambicanos no interior da mina.

O acidente ocorreu nas primeiras horas de desta sexta-feira quando uma estrutura rochosa colapsou numa secção da mina, bloqueando os trabalhadores.

Setenta e seis deles foram resgatados com pequenas escoriações e levados a diversas unidades sanitárias para tratamento.

Barberton é uma zona montanhosa localizada a cerca de 150 quilómetros a ocidente da cidade de Maputo.

Moçambique recebe cerca de 37 milhões de dólares em randes sul-africanos por ano em pagamentos deferidos dos mineiros na África do Sul.

Segundo o Director Regional da TEBA, Agência de Recrutamento da Mão-de-Obra para Indústria Mineira sul-africana, José Carimo, com outras remessas indirectas dos mineiros, Moçambique recebe cerca de 47 milhões de dólares por ano.

XS
SM
MD
LG