Links de Acesso

Trabalho infantil aumenta na Huila

  • Teodoro Albano

Conclusão é de um estudo do Instituto Superior Politécnico Tundavala.

Uma pesquisa realizada recentemente pelo Instituto Superior Politécnico Tundavala concluiu que o trabalho infantil está a aumentar na Huila.

Segundo a directora da referida instituição Margarida Ventura, o estudo concluiu que a maioria das crianças envolvidas no trabalho infantil fá-lo com a aprovação dos progenitores.

“A realidade é que elas não só estão com a autorização dos pais como são mandados pelos pais para complementarem o orçamento da família, ou seja, o trabalho infantil está a ser utilizado pelos próprios pais para o complemento do orçamento familiar”.

O estudo concluiu ainda que a situação decorre também do baixo rendimento das famílias.

Margarida Ventura entende, no entanto, que independentemente do problema as famílias e a sociedade devem olhar para aquilo que é prioritário para o futuro da criança.

“Depende do que é que a família considera prioritário, se é ter o carro, televisão, etc. ou se é educar os filhos pô-los na escola dar-lhes aquilo que eles necessitam, aí compete à família, as igrejas as escolas, fazerem este trabalho”, alerta Ventura.

Para Edna Kosma, do Fundo das Nações Unidas para a infância(Unicef) em Angola, a situação de protecção a criança começa a encontrar um ambiente favorável, quer do ponto de vista de legislação, quer da definição das políticas.

Kosma diz, no entanto, que o grande desafio passa por aumentar os serviços de protecção a criança junto das populações.

XS
SM
MD
LG