Links de Acesso

TPI Condena, Simba, senhor da guerra, a 12 de anos de cadeia


Germain Katanga, assiste à sentença no Tribunal Penal Internacional em Haia, Maio 23, 2014

Germain Katanga, assiste à sentença no Tribunal Penal Internacional em Haia, Maio 23, 2014

O Tribunal Penal Internacional condenou Germain Katanga líder de uma milícia congolesa a 12 anos de cadeia, esta Sexta-feira

O Tribunal Penal Internacional sentenciou o ex-líder de uma milícia congolesa, Germain Katanga, a 12 anos de prisão pela sua participação no massacre de 2003.

Katanga foi considerado culpado em Março por ter organizado uma milícia que matou cerca de 200 pessoas em Bogoro, uma vila no leste da República Democrática do Congo.

O Tribunal considerou que Katanga, também conhecido por Simba, o senhor da guerra, cometeu crimes de guerra e crimes contra a humanidade, incluindo assassínios, ataques contra civis, destruição de propriedades e pilhagem.

O ex-líder já passou sete anos na prisão. O juiz Bruno Cotte disse esta Sexta-feira que esse tempos erá deduzido da sua sentença.

Katanga, de 36 anos, que disse ser inocente perante o TPI afirmou também que não teve controlo directo sobre as acções dos militantes.

Os seus advogados apelaram à sentença e Katanga é a segunda pessoa a ser condenado pelo TPI, que começou em 2002.
XS
SM
MD
LG