Links de Acesso

Terceiro ministro brasileiro pede demissão


Manifestante carrega placa iluminada durante protestos.

Manifestante carrega placa iluminada durante protestos.

O ministro da Secretaria de Comunicação Social (SECOM) do Brasil, Thomas Traumann, demitiu-se, aumentando para três o número de membros no Executivo a pedir a saída em pouco mais de três meses do quarto governo do Partido dos Trabalhadores (PT). A revelação pela imprensa de um documento reservado - e com conteúdo constrangedor - sob a chancela de Traumann foi a causa da queda.

No documento, revelado pela edição online do jornal O Estado de São Paulo na semana passada, a situação do Governo era classificada pelo então ministro como "de caos político", muito por culpa de uma "comunicação errática" e de "uma goleada da oposição nas redes sociais", sugerindo como resposta urgente "um investimento pesado em propaganda, sobretudo em São Paulo, principal reduto dos oposicionistas", aproveitando que o prefeito da cidade é Fernando Haddad, do PT.

XS
SM
MD
LG