Links de Acesso

Tensão na fronteira entre Moçambique a África do Sul

  • Simião Pongoane

Fronteira de Ressano Garcia

Fronteira de Ressano Garcia

Os transportadores moçambicanos foram temporariamente impedidos de entrarem na África do Sul e responderam imediatamente impedindo a passagem dos sul-africanos para Moçambique.

A acumulação de dívidas de exploração de facilidades de longo curso por operadores moçambicanos de transportes semicolectivos de passageiros na África do Sul está a bloquear a passagem no posto fronteiriço do Lebombo/Ressano Garcia.

Os transportadores moçambicanos viram temporariamente vedados o acesso à África do Sul e responderam imediatamente impedindo a entrada dos sul-africanos em Moçambique.

Entretanto, a Cônsul de Mocambique na cidade sul-africana de Nelspruit Ester Tondo disse que o problema já está resolvido, embora o diálogo entre as duas partes prossiga. Pelo menos três mil pessoas passam pela fronteira do Lebombo/Ressano Garcia por dia.

"Cheguei cá na segunda-feira e hoje recebi uma chamada dizendo que os carros da África do Sul não atravessam para Moçambique e os de lá não entram na África do Sul. Então, os proprietários dos carros foram esta manhã para resolver o problema e telefonaram a dizer que já podemos carregar", disse o motorista de longo curso Amelino Guambe.

Carlos Banze, por sua vez, afirmou que os governos dos dois países devem resolver os problemas de uma vez por todas, porque de vez em enquando tem havido conflito.

As relações entree Moçambique e África do Sul têm passado por um verdadeiro teste de resistência nos últimos tempos, na fronteira do Lebombo, do lado sul-africano e Ressano Garcia, da parte moçambicana.

XS
SM
MD
LG