Links de Acesso

Após mais de uma semana de protestos, que paralisaram partes de Hong Kong, os lideres estudantis definiram os termos para discussão com responsáveis governamentais, sobre as suas exigências de reforma política.

O avanço surge na sequência de um abrandar das manifestações pró-democracia, esta Segunda-feira, o que permitiu o regresso ao trabalho dos funcionários governamentais.

Num encontro com um responsável governamental, Leste Sum - da Federação Estudantil de Hong Kong - definiu os termos para futuras conversações entre a liderança da cidade e os manifestantes. Um deles exige que qualquer acordo obtido nos encontros seja posto em prática.

Um outro encontro preliminar vai ter lugar amanhã em Hong Kong.

XS
SM
MD
LG