Links de Acesso

Responsável exorta população a denunciar corrupção.

Fortes tempestades estão a agravar o problema de cortes de energia na província angolana do Uíge.

A fraca urbanização agrava o problema, uma vez que dificulta as operações de reparação.

Domingos Toco, director do centro de distribuição de electricidade (ENDE), no Uíge, disse que seis avarias provocaram a falta de energia para centenas de clientes.

Toco concorda que muitas vezes a morosidade é culpa da empresa de electricidade, mas também "tem a ver com a falta de arruamento nalgumas zonas da nossa cidade”.

Acrescido a isso, Toco lamenta a corrupção, chamada "gasosa", e a indiferença no atendimento aos clientes.

Por isso, pede a denuncia de actos de corrupção.

“As nossas medidas são muito duras; isso pode até levar ao despedimento do trabalhador,” promete.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG