Links de Acesso

Suécia: Principal suspeito de ataque com camião em Estocolmo admite acto terrorista


Velas e flores no local do incidente.

O principal suspeito do ataque com camião em Estocolmo que matou quatro pessoas e deixou 15 feridos, Rakhmat Akilov, admitiu ter cometido um crime terrorista, disse hoje o seu advogado a um tribunal.

A polícia acredita que Akilov, 39 anos de idade e natural do Uzbequistão, conduziu o camião de cerveja roubado que atropelou pedestres numa rua movimentada da capital da Suécia, na sexta-feira, antes de invadir lojas.

"Ele admite ter cometido um crime de terrorismo e, portanto, aceita que ele ficará detido", disse Johan Eriksson, o advogado de Akilov, citado pela Reuters.

Akilov foi preso uma hora após o ataque. Ele já era procurado pela polícia por ter deixado de cumprir um mandado de deportação.

Os serviços de segurança disseram que ele já havia expressado solidariedade a organizações extremistas, entre elas o Estado Islâmico, mas não era visto como uma ameaça militar.

Akilov havia pedido para que seu advogado de defesa fosse substituído por um muçulmano sunita, o que o tribunal recusou.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG