Links de Acesso

As autoridades de combate à corrupção da Suécia anunciaram, hoje, a abertura de uma investigação por "fraude com agravante" contra a companhia alemã Volkswagen, pelo caso dos motores a diesel com software que adulteram resultados de testes poluentes.

A AFP reporta que a investigação terá como foco os modelos a diesel importados para a Suécia entre 2009 e 2015, que chegariam a 225.000.

Em Setembro de 2014, a Volkswagen admitiu que os motores a diesel de 11 milhões de veículos em todo o mundo estavam equipados com um programa que poderia alterar os resultados dos controles de poluição.

XS
SM
MD
LG