Links de Acesso

Presidente do parlamento de São Tomé demite-se devido a luta entre deputados

  • Óscar Medeiros

Evaristo Carvalho

Evaristo Carvalho

O Presidente da Assembleia Nacional, evocou várias razões para se demitir do cargo e garante que a gota de água que transbordou o copo foi a recente cena de pancadaria no parlamento

A decisão de Evaristo de Carvalho surpreendeu a opinião pública nacional e caiu com uma bomba no seio da classe política São-tomense.

Evaristo Carvalho, anuncia a renúncia as funções de Presidente da Assembleia Nacional, que vinha exercendo desde 2010.


Numa declaração lida no gabinete do Parlamento, explicou a decisão como sendo resultado de profunda reflexão e avaliação da responsabilidade que sempre marcou a sua postura, colocando acima dos seus interesses pessoais, os mais altos interesses do Estado.

Evaristo Carvalho, diz que abandona a presidência do parlamento, por causa do clima de desrespeito que se instalou no órgão de poder legislativo, a que se juntou comportamento de violência verbal e física na casa parlamentar.


.

Em reacção, o Primeiro-ministro considera que o pedido de demissão do presidente da Assembleia Nacional é sinal que o país já entrou numa profunda crise política.

Sobre a moção de censura ao governo apresentada por 14 deputados das bancadas da oposição Patrice Trovoada garante que não recebeu qualquer notificação da Assembleia Nacional para discutir o assunto na próxima terça-feira, e que apenas ouviu falar de moção de censura através da comunicação social.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG