Links de Acesso

São Tomé: Trabalhadores aeroportuários ameaçam com greve

  • Óscar Medeiros

O núcleo sindical da Enasa acusa os responsáveis da empresa de má gestão, de falta de relações humanas e de perseguição.

Em São Tomé e Principe, os trabalhadores aeroportuários acusaram a direcção da empresa Enasa de má gestão e deram ao governo um prazo para demiti-la sob pena de entrarem em greve.

O pré-aviso de greve dos trabalhadores da Enasa, dá sete dias ao governo para demitir toda a direcção da empresa que administra os aeroportos de S.Tomé e Príncipe.

O núcleo sindical da Enasa acusa os responsáveis da empresa de má gestão, de falta de relações humanas e de perseguição.

Segundo o pré-aviso de greve, se o governo não tomar em consideração as reivindicações e a exigência dos trabalhadores, o sindicato decretará uma greve de cinco dias a partir da próxima segunda-feira com interdição de todos os voos comercias.

A direcção da Enasa pela voz do seu director Leonel Cardoso considera que esta posição dos trabalhadores não tem razão de ser, uma vez que já foi ultrapassada a principal reivindicação da classe.

Ouça a reportagem do Óscar Medeiros.

XS
SM
MD
LG