Links de Acesso

STJ ordena ministros do PAIGC a assegurar a gestão corrente

  • Lassana Casamá

O Supremo Tribunal de Justiça(STJ) da Guiné-Bissau deferiu o processo entregue pelo PAIGC que pediu que os ministros do deposto Governo de Domingos Simões Pereira assumam o Governo corrente até à posse do novo Executivo.

Segundo o PAIGC, ministros do Governo de Baciro Djá continuam nos ministérios, mesmo depois de o STJ ter considerado inconstitucional o decreto que nomeou o Executivo de Djá.

Um acórdão do STJ devolveu os ministérios aos seus titulares antes da destituição do Governo do PAIGC.

Por outro lado, o Presidente José Mário Vaz pediu ao PAIGC, partido maioritário, que indique três nomes para primeiro-ministro, dos quais ele irá escolher um.

Quem também está a encetar uma série de contactos é a missão da Cedeao liderada pelo antigo Presidente da Nigéria Olesengu Obasanjo, que disse não deixar Bissau até que exista um novo Governo.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG