Links de Acesso

Sri Lanka: Reconciliação levará tempo, dizem diplomatas americanos


Ministro dos Negócios Estrangeiros do Sri Lanka, Mangala Samaraweera (esq) e a Secretária de Estado Assistente Nisha Biswal, em Colombo, Sri Lanka

Ministro dos Negócios Estrangeiros do Sri Lanka, Mangala Samaraweera (esq) e a Secretária de Estado Assistente Nisha Biswal, em Colombo, Sri Lanka

Funcionários americanos disseram que levará tempo para o Sri Lanka ter uma reconciliação depois de 26 anos de guerra civil, mas passos importantes foram tomados nesse sentido.

Em visita àquele país, a Secretária de Estado Assistente para os Assuntos da Ásia do Sul e Central, Nisha Biswal, e o Secretário de Estado Assistente para a Democracia, Direitos Humanos e Trabalho, Tom Malinowski, tiveram um encontro com o ministro dos negócios estrangeiros do Sri Lanka, Mangala Samaraweera.

A viagem foi na sequência da visita, em Maio, do Secretário de Estado John Kerry para melhorar as relações entre os dois países, que tornaram-se bastante frias no mandato do antigo presidente Mahinda Rajapaska.

"Desde então, temos visto não só este compromisso duradouro para a democracia, mas também um tremendo impulso para a boa governação, para a luta contra a corrupção e promoção da reconciliação", disse Biswal.

Samaraweera disse que no encontro de terça-feira falaram das medidas que o governo está a tomar para a reconciliação e reforço do Estado de direito.

XS
SM
MD
LG