Links de Acesso

África do Sul: Zuma promete "mudanças significativas"

  • Redacção VOA

Zuma dirigia-se a mais de 4 mil delegados do ANC reunidos no congresso do partido.

O presidente sul-africano, Jacob Zuma, afirmou que o partido no poder, o ANC, é capaz de liderar a maior economia do continente prometendo que mudanças económicas significativas vão verificar-se em breve.

Zuma dirigia-se a mais de 4 mil delegados do ANC reunidos no congresso do partido a decorrer em Bloemfontein no centro do país e durante o qual será escolhida a liderança do partido para os próximos 5 anos.

O líder sul-africano defendeu com veemência o seu muito criticado mandato dizendo que depois de garantir a sua segurança a África do Sul estava agora empenhada em conseguir “liberdade socioeconómica significativa”.

A liderança de Zuma tem sido marcada por uma série de escândalos e tem sido alvo de duras críticas acerca do modo como tem lidado com as questões económicas. Muitos milhões de sul-africanos negros permanecem na pobreza 18 anos depois da chegada do ANC ao poder.

O vice-presidente Kgalema Motlanthe é o principal adversário de Zuma no controlo do partido. Quem conseguir a liderança do ANC será certamente o próximo presidente da África do Sul visto que aquele partido continua a deter a maioria absoluta.

A África do Sul tem visto o seu crédito desclassificado pelas agências internacionais de notação financeira devido à elevada taxa de desemprego e por causa da taxa de crescimento mais baixa dos últimos 3 anos.

O sector mineiro de importância vital para o país tem entretanto registado confrontos laborais violentos incluindo a morte de 34 mineiros pela polícia em Agosto passado.
XS
SM
MD
LG