Links de Acesso

Sobem tensões entre Turquia e países europeus

  • Redacção VOA

Recep Erdogan

Tensões entre a Turquia e países europeus voltaram a aumentar depois do presidente turco, Recep Erdogan, ter acusado a Holanda de ser “o que resta dos Nazis” e um país “fascista”.

Erdogan fez a acusação depois do governo da Holanda ter impedido a entrada no país do ministro dos negócios estrangeiros turco Mevlut Cavusoglu para este fazer campanha sobre um referendo constitucional na Turquia junto dos imigrantes turcos.

O primeiro ministro holandês Mark Rutte descreveu a declaração do chefe de estado turco como “uma loucura” e inadmissível.

Anteriormente as autoridades da Áustria e da Alemanha tinham também proibido que ministros turcos fizessem campanha junto dos imigrantes turcos e Erdogan tinha apelidado o governo alemão de Nazi.

O governo alemão descreveu a declaração de Erdogan de “injustificável”

Os turcos vão votar em Abril num referendo que aumenta os poderes do presidente Erdogan e este quer garantir o apoio das enormes comunidades de imigrantes que vivem em países europeus

XS
SM
MD
LG