Links de Acesso

Situação tensa continua no Cuango entre garimpeiros e autoridades

  • Coque Mukuta

Apesar de diversas fontes apontarem entre sete e 11 mortos, as autoridades falam em apenas duas vítimas, mas apenas uma foi identificada.

Vinte e três garimpeiros estão presos no Cuango acusados de diversos crimes na sequência dos confrontos com as forças da ordem na Província da Lunda Norte, no dia 29 de Julho, de que resultou um morto identificado.

Apesar de diversas fontes apontarem entre sete e 11 mortos, as autoridades falam em apenas duas vítimas.

A Polícia e a Procuradoria, até ao momento, continuam a dizer que houve dois mortos, mas possuem apenas dados de Lucas Tiago, ou seja, apenas um óbito foi oficialmente naquele município, como a VOA pôde constatar no terreno.

Lucas Tiago, de 24 anos de idade, morreu no local dos confrontos, com um tiro das costas, depois foi levado às instalações da policia nacional, para mais tarde os garimpeiros destruírem o quintal de uma unidade de policia e vários outros locais, sendo, por isso, acusados de ofensas corporais.

A família da vítima clama por justiça.

A zona do Cuango continua sob alerta das autoridades, polícias e elementos das Forças Armadas.

XS
SM
MD
LG