Links de Acesso

Síria: Morre o rebelde que comeu o coração de um soldado


Militante islamita (arquivo)

Militante islamita (arquivo)

O jihadista sírio que apareceu num vídeo esquartejando um soldado do regime e comendo o coração da vítima foi morto por um grupo rebelde rival, escreve a AFP citando o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

A agência reporta que o jihadista conhecido pelo nome de guerra "Abu Sakkar" havia se unido ano passado à Frente Al-Nosra, o braço sírio da Al-Qaeda.

Rebeldes islamitas "mataram a tiros Khaled al-Hamad, conhecido com o nome de Abu Sakkar, comandante militar da Al-Nosra na província de Idleb", noroeste do país, anunciou a ONG.

O director do OSDH, Rami Abdel Rahman, disse que o jihadista "morreu num acerto de contas entre a Al-Nosra, que domina a província, e outros grupos islamitas",.

Em Maio de 2013, Sakkar apareceu num vídeo no qual esquartejava um soldado e comia o seu coração, o que gerou uma onda de críticas. Ele disse que era uma vingança contra os abusos do regime.

XS
SM
MD
LG