Links de Acesso

Síria: Governo de Al Assad e Estado Islâmico usaram armas químicas, diz relatório das Nações Unidas

  • Redacção VOA

Protecção contra armas quimicas, Aleppo, Síria (foto de arquivo)

Protecção contra armas quimicas, Aleppo, Síria (foto de arquivo)

Investigadores das Nações Unidas concluíram que o governo do presidente Bashar al-Assad e o grupo extremista Estado Islâmico (EI) lançaram ataques com armas químicas na Síria, disse esta semana um diplomata francês.

O relatório "expõe claramente que o regime sírio e o Daesh (acrônimo do EI em árabe) cometeram ataques químicos na Síria", disse o embaixador-adjunto francês nas Nações Unidas, Alexis Lamek citado pela AFP.

Em 2014 e 2015, o governo sírio lançou dois ataques químicos, e o Estado Islâmico usou gás mostarda, denuncia o relatório.

O governo sírio liderado por Bashar Al-Assad negou várias vezes ter usado armas químicas na Síria.

XS
SM
MD
LG