Links de Acesso

Síria: Governo aceita interromper "operações de combate"


Militar sírio em Salma

Militar sírio em Salma

O governo sírio anunciou nesta terça-feira que aceitou interromper as "operações de combate" que não incluem o grupo Estado Islâmico, a Frente Nusra, ligada à Al Qaeda, ou grupos ligados a eles, em linha com um plano estabelecido por Estados Unidos e Rússia.

A Reuters escreve que o governo disse que vai trabalhar com a Rússia para decidir sobre grupos e áreas que deverão ser incluídos no plano de "cessação das hostilidades," previsto para entrar em vigor no sábado, conforme as negociações lideradas pelos Estados Unidos e Rússia.

Em comunicado citado pela Reuters, o governo sírio destacou a importância de se fechar as fronteiras e do fim de apoio estrangeiro a grupos armados, além de "impedir que essas organizações fortaleçam as suas capacidades ou mudem as suas posições, de forma a evitar algo que possa destruir esse acordo".

XS
SM
MD
LG