Links de Acesso

Síria: Crianças sitiadas comem ração para animais e morrem de doenças evitáveis, denuncia a Save the Children


 Criança síria, cidade de Madaya, 2016.

Criança síria, cidade de Madaya, 2016.

Mais de 250.000 crianças sírias estão sitiadas em localidades cercadas pelos beligerantes no conflito que devasta o país, escreve a AFP citando um relatório do Save the Children.

O relatório publicado hoje sublinha que algumas dessas crianças são obrigadas a comer ração para animais e capim para conseguir sobreviver. Outras morrem de doenças evitáveis.

Baseado em depoimentos de pessoas que vivem e trabalham nas zonas sitiadas, o relatório acrescenta que as crianças "encontram-se isoladas em relação ao mundo externo, cercadas pelos beligerantes que usam os locais como armas de guerra".

Segundo o Alto-Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos, mais de 450 mil pessoas estão sitiadas na Síria.

XS
SM
MD
LG