Links de Acesso

SINPROF acusa Muangala de repressão

  • Fernando Caetano

Angola Lunda norte province school escola

Angola Lunda norte province school escola

Conselho Nacional do sindicato solidário com professores na Lunda Norte

O Sindicato nacional dos Professores, SINPROF, solidarizou-se com os professores em greve na Lunda Norte e condenou as acções do governo dessa província contra os grevistas.



O Conselho Nacional do sindicato que reuniu no Kwanza Sul disse que as acções do governador Ernesto Muangala em fazer uso de enorme aparato policial para reprimir os professores e o despedimento sumário de muitos deles são o que chamou de uma clara violação dos seus direitos.

o sindicato fez notar que o governo da Lunda Norte não tinha tomado quaisquer medidas contra conhecidos casos de corrupção.

Para o Sindicato de professores, tais acções só prejudicam a confiança dos trabalhadores e reduz a credibilidade das entidades e instituições públicas, factor negativo na necessidade de aproximação das partes em conflito.

Assim é que o SINPROF aconselha que o governo deve apostar em sanar as irregularidades pendentes e que prejudicam os trabalhadores e não na tentativa de esmagar os descontentes pela via repressiva.

Sobre as recomendações o sindicato de professores destacou que o governo deve fazer anualmente a actualização das categorias dos professores que depois de 2010 elevaram o seu nível académico e profissional.

No comunicado final o conselho manifestou a sua preocupação no que tange ao tratamento burocrático dos casos a haver com salários e subsídios de cargos de direcção e chefia, a adequação de categorias de colaboração docente e dos professores desactivados do aplicativo informático.

O SINPROF fez notar a contínua insistência dos governos provinciais em inviabilizar o processo de negociação e contactos com os secretariados provinciais do SINPROF.

A questão dos subsídios de atavio, transporte, alimentação, exposição directa e indirecta aos agentes biológicos, químico e físicos que continuam válidos e não revogados como alguns círculos fazem crer foi outro dos pontos subilnhado pelo SINPROF
XS
SM
MD
LG