Links de Acesso

Sindicato diz que contratação de profissionais de saúde é insuficiente

  • Coque Mukuta

Pediatria do Hospital Municipal de Benguela, Angola

Pediatria do Hospital Municipal de Benguela, Angola

Governo angolano anunciou a contratação de 2.146 profissionais.

O Governo angolano anunciou a intenção de contratar 2.146 técnicos na área de saúde, com a capital, Luanda, a ter uma cota de 482 médicos e quase 250 enfermeiros.

Afonso Kilemba, secretário-geral adjunto do Sindicato dos Técnicos de Enfermagem de Luanda, considera que os actuais funcionários da saúde deparam-se com preocupações várias.

“Nosso dia-a-dia é de baixos salários em relação ao poder de compra, falta de medicamentos nas instituições de saúde, não reconhecimento do esforço dos profissionais de saúde por parte dos governantes, falta de alimentação para os trabalhares que fazem 24 horas de serviço, e a não cedência de concursos públicos internos”, relatou Kileba.

Formado em gestão hospitalar,Afonso Kilemba, afirma que apenas Luanda precisa cerca de cinco mil profissionais, enquanto a nível do país são necessários 15 mil .

De recordar que nos últimos meses os hospitais de Luanda registaram mortes elevadas por incapacidade das unidades sanitárias

XS
SM
MD
LG