Links de Acesso

Serviço Secreto americano será passado a pente fino

  • VOA Português

APTOPIX Secret Service

APTOPIX Secret Service

Directora não resiste a críticas a falhas na protecção do presidente e pede demissão.

A directora do Serviço Secreto dos Estados Unidos Julia Pierson renunciou ontem, 1, ao cargo, horas depois de ter sido ouvida por uma comissão do congresso que a responsabilizou pelos erros recentes na protecção à Casa Branca e ao Presidente e família. Pierson, que já foi substituída, disse que os congressistas não tinham confiança do seu trabalho.

Julia Person aguentou apenas 18 meses à frente do serviço secreto mas já recebeu, por telefone, o reconhecimento do presidente Barack Obama pelos 30 anos de trabalho no serviço secreto.

Pierson, que estava no cargo desde Março de 2013, enfrentou pedidos recorrentes de renúncia dos legisladores norte-americanos depois do incidente de 19 de Setembro, quando um veterano da guerra do Iraque saltou o muro da Casa Branca, correu pelos jardins e entrou em várias dependências da mansão presidencial antes de ser detido.

"É evidente que o nosso plano de segurança não foi executado correctamente. Isso é inaceitável. Eu assumo total responsabilidade e vou assegurar que tal não voltará a acontecer novamente", disse Pierson aos deputados.

A renúncia da directora do Serviço Secreto ocorreu um dia depois da revelação de que, violando um protocolo, um funcionário armado de uma empresa de segurança particular e com passagem pela polícia, usou o elevador com o presidente Obama em Atlanta no começo de Setembro, tendo filmado e fotografado o presidente com o seu telemóvel.

As falhas despertaram temores em Washington de que o presidente e a sua família não são tão protegidos quanto deveriam num época de distúrbios globais.

O porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, declarou que Obama concluiu que devido aos recentes e cumulativos erros no desempenho da agência, ele acreditou ser necessária uma nova liderança”.

Mesmo com 30 anos de experiência no Serviço Secreto, Julie Pierson não conseguiu inspirar confiança nos congressistas dos dois partidos durante a sabatina de três horas e meia de ontem perante o Comité de Supervisão e Reforma Governamental da Câmara dos Deputados.

Em resposta aos clamores dos legisladores por uma investigação independente do incidente, o Departamento de Segurança Nacional irá estabelecer uma comissão de especialistas independentes para averiguar o que aconteceu.

Joseph Clancy, um veterano da divisão de protecção presidencial do Serviço Secreto, foi indicado como director interino.

XS
SM
MD
LG