Links de Acesso

Moçambique vai ter serviço de emergências médicas

  • Francisco Júnior

O Ministério da Saúde ede Moçambique prepara a criação do Serviço de Emergências Médicas de Moçambique(Semo).

Para além das vítimas de acidentes de viação, esse serviço vai atender também outros casos de trauma que possam surgir no país.

O projecto, que vai consumir alguns milhões de dólares americanos, prevê a aquisição de helicópteros-ambulância, treino de pessoal e montagem de salas de triagem modernas em alguns hospitais do país.

Otília Neves, médica internista consultora e actualmente Chefe do Departamento de Emergências Médicas do Ministério da Saúde, diz que o objectivo fundamental desse departamento é o de criar um serviço de emergências médicas em todo o país.

O projecto prevê a montagem de uma linha gratuita de socorro, com três números, e universal para todos os utentes da saúde.

O projecto prevê ainda o treino de pessoal e aquisição de meios e equipamentos sofisticados.

Não serão apenas ambulâncias, as quais estão orçadas, cada uma delas, em cerca de 100 mil dólares americanos. Numa fase mais avançada, também se pretende adquirir helicópteros, em número ainda não especificado, mas que se sabe estarão também devidamente equipados para socorrer, em caso de emergência.

Outra medida: montar serviços de triagem para o trauma e outras emergências.

Seis médicos generalistas formados recentemente em Portugal.

Um desses profissionais é Ivandra Magaia, médica generalista, que gostou do curso e garante que, quando o Serviço de Emergências Médicas de Moçambique estiver operacional, o que aprendeu irá ajudar a fazer a diferença.

O serviço deverá estar a funcionar ainda este ano.

XS
SM
MD
LG