Links de Acesso

A semana registou mais um capítulo na famigerada novela Isaías Kassulo e Alves Camullingue

  • Arão Ndipa

Família de Alves Kamulingue, incluindo o seu primo, a sua mãe, a esposa, Elisa, o filho de 2 anos, e Tetê, esposa de Isaías Sebastião Cassule, raptado no Cazenga

Família de Alves Kamulingue, incluindo o seu primo, a sua mãe, a esposa, Elisa, o filho de 2 anos, e Tetê, esposa de Isaías Sebastião Cassule, raptado no Cazenga

A semana que hoje termina registou mais um capítulo na famigerada novela Isaías Kassulo e Alves Camullingue.

A este caso também juntou-se o jovem Nito Alves, o jovem activista de 17 anos, posto em liberdade na última sexta-feira, e submetido à apresentação do termo de identidade, residência pelos serviços de investigação criminal.

A classe politica em Angola, e em particular em Luanda afirma que o comunicado divulgado esta quarta-feira pela Procuradoria-Geral da Republica veio apenas confirmar as desconfianças há muito denunciadas por diversos círculos da oposição e da sociedade civil sobre o envolvimento de agentes da inteligência do regime angolano.

No comunicado divulgado esta semana a Procuradoria-Geral da Republica não descarta qualquer possibilidade de os cidadãos Isaías Kassulo e Alves Camullingue terem sido vítimas de homicídio.

A PGR acrescenta que até ao momento está por se apurar o paradeiro dos dois cidadãos, mas promete continuar com as investigações tendo revelado que em consequência dos factos já apurados foi ordenada a detenção de quatro suspeitos, capturados neste mesmo dia, mas não adianta a sua identidade e estatuto politico e social.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG