Links de Acesso

Estudantes são-tomenses em Marrocos queixam-se de falta de apoio

  • Eduardo Ferro

As bolsas de estudo variam entre os 100 e os 300 dólares trimestrais e com essa verba os estudantes têm que pagar alojamento, refeições e livros.

Os estudantes são-tomenses em Marrocos queixam-se de falta de apoio do seu governo para efectuarem de um modo regular os seus estudos naquele país.

Queixam-se especialmente do modo irregular como recebem as suas bolsas de estudo e do facto de não haver uma embaixada são-tomense em Marrocos capaz de lhes dar o apoio necessário.

As bolsas de estudo variam entre os 100 e os 300 dólares trimestrais e com essa verba os estudantes têm que pagar alojamento, refeições e livros.

Dizem também que muitas vezes, depois de fazerem o primeiro ano na universidade aprendendo francês são depois colocados em cursos que não servem nem os seus interesses nem os interesses do seu país de origem.

A esse respeito falamos com a representante dos 130 estudantes são-tomenses em Marrocos, Elizangela Xavier.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG