Links de Acesso

Radiografia à imprensa em São Tomé e Príncipe

  • Óscar Medeiros

Estudo vai avaliar transparência dos órgãos de comunicação social

Arrancou em São Tomé e Príncipe um inquérito para avaliar o estado da comunicação social e da transparência no país.

Os trabalhos estão a cargo de uma comissão multissectorial criada pelo Conselho Superior de Imprensa no âmbito de um protocolo assinado com o Gabinete de Registo de informação Publica.

A equipa composta por 14 elementos tem como principal missão a elaboração de um relatório sobre o estado da comunicação social.

Os trabalhos de inquérito junto da população e da preparação do relatório vão decorrer nos próximos oito meses.

André Aragão, bastonário cessante da Ordem dos Advogados de São Tomé e Príncipe, lidera a equipa criada pelo Conselho Superior de Imprensa e pelo Gabinete de Registo de Informação Pública para avaliar a actuação dos meios de comunicação social, estatais e privados e o seu impacto na população.

A aceitação e a credibilidade das informações veiculadas pela imprensa e a censura nos meios de comunicação social são questões a serem tomadas em consideração durante a elaboração do relatório sobre o estado da comunicação social e da transparência no país.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG